Depoimento #3

Eu gostava muito mais dela. Acho que ela não gostava 25 por cento do que eu gostava dela. Não, eu não sabia ao certo o que ela fazia. Convivemos uns anos e ela nunca me falou da família, da infância, do trabalho. Nunca falou de nada. Era quieta. Vinha até minha casa quase sempre à noite. Depois, sumia uns tempos, às vezes por meses, e voltava sem assunto. Ficávamos horas em silêncio fumando cigarros e tomando algum vinho.

Para ser sincero, realmente sincero, amigo, acho que não posso te ajudar.

Anúncios
Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: