depoimento #23

Você tem um espelho para me emprestar? Que idiotice perguntar isso a um homem. Tô acabada. Não, você não entende, não. Você nunca vai entender quando uma mulher diz coisas como “acabada” ou “um trapo”. Além do mais, minha cabeça parece que vai explodir. Não posso falar assim, entende? Não posso fazer nada desse jeito. Meu corpo está exausto, minha cabeça doendo. Quero falar com você, não me importo. Até gosto, afinal você tem esse ar de inteligente. Não ria, é charmoso. Eu só falo quando me sentir bem.. melhor conservar um mínimo de…. de….dignidade…. vaidade… que palavras estúpidas, mas sei lá… são as que eu tenho agora. Ah, esquece. Não, e pronto. Você pode outro dia? Faça o seguinte: ligue para 5412-9999 e deixe recado com a Lourdes. Não insista, certo?! Hoje não. Sexta-feira é um dia muito melhor para mim. Prometo que será melhor para você também. Não sou de frescuras, não é meu jeito, apenas não tenho condições de falar. Você gosta de vermelho? Sim, sim… também acho. Me empresta esse livro? Preciso ler alguma coisa no caminho. Você deve ter muitos outros… vamos, não se faça de difícil. Na tua casa, tenho certeza, deve ter aquelas pilhas de livros um ao lado do outro de um canto ao outro da parede. Acho tão bonito, sabia?

Bom, agora melhor eu ir embora. Combinado então, ligue na sexta e deixe o recado. Eu apareço.

Anúncios
Comente ou deixe um trackback: URL do Trackback.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: