Impressões

o tio era um cara fechado, bruto. Lembro das suas enormes mãos entrelaçadas, os olhos a mirar um vazio que só ele era capaz de entender. Não era muito amigo das palavras e preferia a lida da madeira e do ferro. Seus companheiros eram pregos e martelos, estruturas moldadas e coisas que ele definia com a força dos seus punhos.

Muitas vezes pensei que o tio não tinha sentimento por mulheres. Não que não gostasse delas, pelo contrário, quando fiquei mais velho soube que ele frequentava a casa das meninas da Glória – um inferninho que nem existe mais. Um dia apareci com ela em casa e apresentei-a sem muita satisfação para o resto da família. No único momento que ficamos sozinhos, o tio comentou quase murmurando: até quando suspira ela é sedutora. Ela é um problema, rapaz.

Depois ele sumiu e nunca mais soube dele antes da mãe comentar sobre sua morte.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: